Mariaraquelbarbosarocha’s Blog

PROPOSTA POLÍTICO PEDAGÓGICA

PROPOSTA POLÍTICO PEDAGÓGICA

 

“… Para enfrentar o desafio desse século todos os homens terão que desenvolver uma noção mais ampla de responsabilidade. Cada um de nós precisa aprender a trabalhar não apenas para si próprio… mas para o benefício da humanidade…”

Lenzy Gyatso

(Dalai Lama)

 

            O Projeto Político-pedagógico da Escola Municipal Jacinto Silveira Neto,  Elaborado coletivamente, é um documento flexível a sujeito a reestruturações, pois, o ato de transformar requer ação – reflexão – ação.

            Nesse sentido, o referido projeto visa mostrar todo o trabalho educativo deste estabelecimento de ensino, no que concerne à gestão administrativa, pedagógica e financeira, bem como identificar os entraves existentes no âmbito escolar e propor possíveis alternativas que possam sanar as dificuldades encontradas.

            Desse modo, espera-se que o trabalho educativo desta escola alcance o seu alvo principal, que é oferecer educação de qualidade e que contribua na formação dos estudantes, de maneira que eles possam exercer plenamente sua cidadania.

Percebe-se que a sociedade brasileira tem passado por várias mudanças sociais, políticas e econômicas, estas mudanças perpassam a educação, exigindo que esta esteja conectada ao modelo emergente. Diante de tantas transformações e avanços tecnológicos, a educação está sendo repensada, no sentido de compreender e colaborar com a formação da sociedade dos novos tempos.

Paulo Freire afirma:
            “Educar é um ato de coragem, de esperança e de amor”.

Nesta perspectiva, educar é um grande desafio, por isso é preciso que a escola ofereça um ensino contextualizado, que esteja preparada para contribuir com a formação integral do aluno, que esse perceba-se como cidadão consciente, reflexivo, crítico e participativo, de modo que possa intervir para modificar seu meio social. Para que tal ação se concretize, é preciso refletir sobre a realidade da escola e o que deverá ser feito para modificá-la. É necessário também que seus profissionais estejam capacitando-se continuamente, de modo que possam atender melhor a sociedade vigente, pois a “educação é vital, considerando-se suas correlações com diversos setores e áreas, nas relações de emprego, de produtividade, de competitividade, geração e uso de tecnologias modernas. A educação está intímamente ligada a questões do ambiente, à formação e preservação dos valores, prevenção contra a violência, as drogas, as doenças sexualmente transmissíveis, etc.”.

Assim, assinala Romão:
            “É na escola que se aprende a ler o mundo de maneira diferente, criticar para nele intervir de modo mais competente.”

Neste sentido, queremos uma escola capaz de desenvolver nos educandos novas competências, habilidades e atitudes, de maneira que estejam aptos a buscar soluções para seus próprios problemas, e como sujeitos possam ser capazes de criar, recriar e que possam estar continuamente em busca de novos conhecimentos.

Aquino afirma que o no âmbito escolar há o encontro da diversidade, sendo necessário à valorização de cada parte desta. Assim ressalta:


 Há diferenças iniciais de gênero, culturais, sexuais e religiosas. Estas diferenças nos desafiam a pensar as possibilidades de construção de um projeto de mundo em que nossas diferenças estabeleçam um diálogo entre os sujeitos. A diversidade implica em negociações, conflitos e um necessário diálogo para que os grupos sociais convivam.”

                 Diante da diversidade explicitada, percebe-se que somente os atores, estudantes, educadores, pais e comunidade, que na escola estão inseridos, poderão com fidedignidade detectar os impasses nelas existentes.

                 Entende-se que através da elaboração coletiva da Proposta Pedagógica é que todos os envolvidos poderão encontrar alternativas viáveis para os problemas identificados no âmbito escolar.                 

                 Luckesi (1990), afirma:


“Se nós não escolhermos qual é a nossa filosofia, qual é o sentido que vamos dar a nossa existência, a sociedade na qual vivemos nos dará, nos imporá a sua filosofia.

                         O Projeto Político-Pedagógico da Escola Municipal Jacinto Silveira Neto está baseado nos princípios da justiça, solidariedade, igualdade e livre expressão. Considera fundamental a participação de educadores, educandos, comunidade escolar e sociedade, visando a colaboração déi esses=segentcs no processo educativo deste educandário.                    

                        Neste sentido esta proposta visa explicitar as necessidades e intenções de nossa escola, bem como apontar diretrizes que garantam uma “Educação para a vida com dignidade e esperança” (Escola Sagarana).                     

                        Portanto, este Projeto Pedagógico norteará o trabalho educativo desta escola considerando que, “… para educar, não basta indicar um horizonte e um caminho para chegar lá. É preciso indicar como se chegar lá, e fazer o caminho juntos”. (Gadotti — 2001). 


  • Mr WordPress: Hi, this is a comment.To delete a comment, just log in, and view the posts' comments, there you will have the option to edit or delete them.

Categorias

%d blogueiros gostam disto: